Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Apoio à Promoção das Ligações Ferroviárias entre Lisboa e Madrid

O Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA), António Ceia da Silva e o Presidente da  Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL), José Calixto, assinaram no auditório da Comissão o  Manifesto de apoio ao Corredor Sudoeste Ibérico, instando a União Europeia, a República Portuguesa, o Reino de Espanha e seus respetivos Governos a priorizarem a conexão entre as capitais ibéricas e a realizar todas as ações necessárias de forma a que entre em pleno funcionamento o CORREDOR SUDOESTE IBÉRICO, no sentido de impulsionar a transformação deste espaço como um novo eixo de desenvolvimento europeu.

" A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo decidiu assim apoiar a iniciativa do grupo empresarial Luso-Espanhol SUDOESTE IBÉRICO EM REDE, para a concretização da ligação ferroviária entre Lisboa e Madrid, contemplada na Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T) do Corredor Atlântico e que designam especificamente este traçado de CORREDOR SUDOESTE IBÉRICO.

Esta proposta é simplificada na seguinte linha temporal:

OBJETIVO 21: Existência. Iniciar um serviço regular de passageiros entre Lisboa e Madrid.

OBJETIVO 25: Descarbonização. Conclusão da ligação ferroviária eletrificada entre Lisboa e Madrid devido às novas infraestruturas construídas. E anteriormente, em 2023, concluir a eletrificação das antigas ligações Linha do Leste (em Portugal) e da ligação Mérida - Puertollano em Espanha.

OBJETIVO 28: Tempos. O corredor misto de alta velocidade entre Lisboa / Sines e Madrid contemplado na RTE-T está concluído e ao serviço.

A CCDRA autoriza, com a assinatura deste manifesto, que O CONSÓRCIO SUDOESTE IBÉRICO EM REDE,  acrescente o nome da entidade e o logótipo entre as entidades que apoiam o documento do traçado para que o mesmo possa ser apresentado à opinião pública em geral e especificamente aos responsáveis pela União Europeia, ao Presidente da República Portuguesa, Primeiro Ministro e Ministros do Governo de Portugal, Presidente da Assembleia da República de Portugal, ao Rei de Espanha, ao Presidente e Ministros do Governo de Espanha, Presidentes do Congresso e do Senado de Espanha e e outras instituições públicas e privadas de ambos os países e da Europa que podem influenciar a tomada de decisão que torna possível a ligação ferroviária necessária."

O CORREDOR SUDOESTE IBÉRICO conta com o apoio de diversas entidades públicas e privadas, e mais recentemente dos Alcaldes de Madrid e Badajoz, que assinaram o Manifesto no passado mês de junho numa cerimónia que contou com a presença do Embaixador de Portugal, João Mira-Gomes.

 

Portal2020    Balcão 2020



IFRRU2020

Newsletter | Alentejo 2020